COMIDAS PRIMÁRIAS

July 13, 2017

AS NÃO-COMIDAS SÃO O QUE REALMENTE NOS ALIMENTA.

 

Fico muito contente em saber que você esteve no meu site! Hoje começo uma série de newsletters para te manter informado(a) sobre o que acontece no mundo da gastronomia funcional além de dicas para um estilo de vida mais saudável e feliz.

 

Como alguns já sabem, passei 20 anos dentro de uma confeitaria. Fazia doces para casamentos, aniversários e eventos corporativos. Minha vida era uma loucura. Dormia pouco e quase não me exercitava. Nada de vida social. Bebia pouca água e comia muitos, muitos doces, carboidratos e gorduras ruins. Comia lixo e me sentia um lixo. 

 

 

Foi quando fui diagnosticada com resistência a insulina e compulsão por açúcar. 

 

 

 

Hoje quero falar um pouco sobre comidas primárias. É exatamente o que me faltava mas não percebia. Vamos lá!

 

Comida é meramente uma fonte de energia secundária. As comidas primárias são não-comidas; não são fontes de nutrientes mas são o que realmente nos alimenta. Comidas primárias vão além do prato, nos nutrindo em um nível mais profundo. As quatro comidas primárias são: 

 

 

Vou dar alguns exemplos.

 

"Imagine crianças brincando la fora com seus amigos. Na hora do jantar, sua mãe os chama, "Hora de entrar e comer!" "Não mamãe, ainda não estamos com fome", respondem eles. Na mesa, a mãe se certifica que elas não deixem nenhum pedaço para trás. As crianças se forçam a comer o mínimo necessário, ansiosos para voltar a brincar. No final do dia, eles retornam, esgotados e satisfeitos. Eles rapidamente adormecem sem pensar em comida."

 

"Você consegue se lembrar de estar profundamente apaixonado? Tudo é leve e agradável, as cores são vivas e a vida está cheia de alegria. Você está inebriada com a presença do outro, sustentada e enaltecida pela forte conexão. Você flutua e a comida se torna secundária."

 

"Pense em um momento em que você estava envolvida em um projeto de trabalho emocionante. Você acreditou no que estava fazendo com todo coração e sentiu-se confiante e estimulada. O tempo parou e o mundo exterior foi calado - a comida era pensamento distante. Agora lembre-se de uma vez que você estava deprimida ou com baixa estima. Você estava morrendo de fome por comida primária. Não importa o quanto você comeu, nunca se sentiu satisfeito. O desejo por amor, poder ou mero reconhecimento te levou ao desejo de excessos com a comida."

 

 

Quanto mais comida primária nos alimentamos, menos dependemos das comidas secundárias.

 

Pelo contrário, quanto mais nos entupimos de comida secundária, menos espaço temos para a comida primária - nossa real fonte de nutrição.

 

Muitas religiões e culturas praticam o jejum para reduzir a quantidade de comida secundária, abrindo assim, canais para receber uma quantia maior de comida primária.

 

Reserve um tempo precioso para você explorar o seu equilíbrio entre as comidas primárias e as comidas secundaria. Qual delas você deveria dar mais atenção?

 

Reserve um tempo precioso para você explorar o seu equilíbrio entre as comidas primárias e as comidas secundaria. Qual delas você deveria dar mais atenção?

 

 

  

 

 

Please reload